Projeto CAMINHOS volta a unir região em 2018 (c/ vídeo)
in ,

Projeto CAMINHOS volta a unir região em 2018 (c/ vídeo)

A OvoTV esteve à conversa com Hélio Antunes, Vereador da Cultura do Município de Ferreira do Zêzere

O projeto CAMINHOS surge no contexto da vontade e coesão interna já estabelecida a nível político no seio desta Comunidade Intermunicipal e os seus Municípios integrantes no sentido de reforçar a intervenção no domínio da cultura e trata-se da primeira experiência de programação cultural em rede desenvolvida ao nível intermunicipal no Médio Tejo.

Esta rota de cultura teve a sua primeira experiência este ano e promete voltar a percorrer o território em 2018 e 2019.

São três ciclos de programação em cada ano, que se desenham sobre três vias de acesso que afirmam o Médio Tejo não apenas como lugar de enorme valor patrimonial, mas como património acessível para ser vivido.

A programação cultural prevista para o projeto inclui a realização de eventos de grande qualidade, envolvendo a itinerância de espetáculos pelo território (monumentos, equipamentos culturais, centros históricos, zonas ribeirinhas, entre outros) organizados em rede, e que decorrem anualmente em 3 momentos que configuram “três grandes caminhos” para percorrer o Médio Tejo:

  • os Caminhos de Ferro, em abril, aludindo ao cruzamento entre as duas linhas ferroviárias mais importantes do país;
  • os Caminhos da Água, em julho, remetendo para a riqueza e abundância em cursos de água emblemáticos;
  • e os Caminhos da Pedra, em outubro, aludindo às autoestradas e à rede viária da região.

O ano de 2017 marcou para a CIMT a primeira experiência de programação cultural em rede no nosso território e foi um ano de aprendizagem, abraçando um projeto desafiante que pretende contribuir para trazer à região uma oferta cultural diferenciadora, formar públicos e qualificar o tecido cultural, promovendo a (re)descoberta do Médio Tejo através da cultura.

O feedback do público sobre o projeto CAMINHOS foi bastante positivo e o contributo dos municípios foi fundamental para o sucesso desta primeira edição.

Em conversa com Hélio Antunes, Vereador da Cultura do Município de Ferreira do Zêzere durante o espectáculo que decorreu na sede Associação de Melhoramentos Igrejanovense, apresentou-nos o projecto, sendo uma “iniciativa que parte dos vários municípios do Médio Tejo, nós juntamos-nos todos de maneira a que proporcionar-mos um evento que circulá-se por todos os concelhos do Médio Tejo. Os vereadores da cultura reúnem-se com frequência para definir a programação e uma vez mais é possível mostrar que podemos fazer coisas diferentes e ao mesmo tempo trazer qualidade cultural ao Médio Tejo. Acho que estamos todos de parabéns, pelo menos aqui em Ferreira do Zêzere o resultado é muito positivo, estes caminhos mostraram uma vez mais uma boa dinâmica e conseguiram cativar novos públicos, sendo um dos objetivos deste projeto”.

Sobre o futuro, Hélio Antunes sublinhou à OvoTv que “no próximo ano, Ferreira do Zêzere participa nos Caminhos da Água, que são em julho e nos Caminhos da Pedra, que são em outubro, cá estaremos com nova programação, com projetos dinâmicos, projetos para todas as idades, para fazer em família.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Executivos já tomaram posse das respetivas juntas

Executivos já tomaram posse das respetivas juntas

Colocação de novas Placas Toponímicas em Areias e Pias

Colocação de novas Placas Toponímicas em Areias e Pias