Dia Mundial do Ovo 2017 em Ferreira do Zêzere
in ,

Dia Mundial do Ovo 2017 em Ferreira do Zêzere

Foram precisos largos anos para que ovo passasse de besta a bestial

Celebra-se no próximo dia 14 de outubro o Dia Mundial do Ovo, uma data imposta pela Comissão Internacional do Ovo com o objetivo de aumentar o consumo deste alimento de origem animal.

Durante muitos anos, o consumo de ovos – em particular da gema – foi associado a um aumento dos níveis de colesterol, ideia que caiu por terra bem recentemente, numa altura em que o ovo passou de besta a bestial e o seu consumo deixou de ter qualquer tipo de limites.

Em 2003, era recomendado um consumo moderado deste alimento de origem animal pelo impacto nocivo que exercia no colesterol. Em 2010, a teoria manteve-se e os ovos – especialmente a gema – continuaram a ser olhados de lado.

Nestas duas datas, a ideia de que o consumo elevado de ovos era prejudicial para a saúde foi sustentada por duas investigações científicas: a primeira realizada no Hospital Universitário HM Puerta del Sur (Espanha) e a segunda na Universidade de Connecticut (Estados Unidos).

Mas tudo mudou em 2016, segundo conta o suplemento “Buena Vida” do El País foi quando se deu origem a uma espécie de revolução dos ovos, em que nem a clara nem a gema foram declaradas culpadas.

As novas orientações dietéticas dos Estados Unidos – e as que estão na origem de tantas outras pelo mundo – consideram os ovos como amigos da saúde e deitaram por terra toda e qualquer teoria acerca do possível risco cardiovascular e de diabetes provocado por este alimento.

Por cá é idêntico. Segundo a Direção Geral da Saúde (DGS), os ovos (tal como a carne, o pescado e os lacticínios) são “as fontes proteicas de excelência da nossa alimentação, sendo fornecedores de proteínas completas – fornecem todos os aminoácidos essenciais”.

“Segundo as recomendações da Roda dos Alimentos, o consumo diário de carne, pescado ou ovos deve variar entre 45 a 135g. Para as crianças de 1 a 3 anos recomenda-se o limite mínimo (45g) e para homens ativos e/ou rapazes adolescentes o limite máximo (135g). Para a população em geral, a quantidade de carne, pescado ou ovos recomendada é de 90g por dia”, lê-se no site Alimentação Inteligente do organismo.

Ainda de acordo com a DGS – e para que não restem dúvidas quanto a não impacto do ovo no colesterol – “o colesterol presente no ovo tem pouco impacto no colesterol sanguíneo. São também fonte de 18 importantes vitaminas e minerais importantes para o adequado funcionamento de diversos processos celulares no organismo”.

E apesar de ser um alimento comum na culinária portuguesa, são ainda muitas as pessoas que se mostram céticas quanto ao real efeito que este alimento tem no corpo e na saúde. Sabe-se que não só não faz mal como até dá saúde. Além disso, é uma excelente fonte de proteína e a aminoácidos, sendo por isso uma escolha acertada por parte dos desportistas que não seguem um regime vegan.

Contudo, e como acontece com qualquer outro alimento, o consumo de ovos deve ser moderado e deve-se dar uma especial atenção ao seu estado e à forma como são confecionados. Não é pelo facto do ovo ser (agora) um alimento saudável que se pode comer frito, por exemplo.

Escolher ovos de origem biológica é sempre uma opção mais acertada, mas não faltam truques para saber qual a validade do ovo, um deles mete água, o outro implica a observação daquele fio branco que aparece junto à gema.

O consumo de ovos traz vários benefícios à saúde e um deles deve-se ao facto desta proteína animal melhorar os benefícios dos vegetais quando consumidos em conjunto, como concluiu um estudo da Universidade do Indiana, nos Estados Unidos, publicado em 2015.

Assim, com a comemoração do Dia Mundial do Ovo, no próximo dia 14 de outubro, em Ferreira do Zêzere, concelho “Capital do Ovo”, pode degustar gratuitamente de entradas confecionadas com este ingrediente principal nos restaurantes, cafés e pastelarias aderentes.

Os restaurantes aderentes são o Manjar de São Miguel, Quinta do Adro, Churrasqueira Penim, A Grelha do Zêzere, A Gruta, Pizzaria Toscana e Estalagem Lago Azul em Ferreira do Zêzere, Fonte de Cima e O Rio em Dornes, Casa dos Leitões e O Cantinho da Ana em Águas Belas.

Os cafés e pastelarias aderentes são Café Petiscos “Ti Pedro”, Pastelaria Pérola do Zêzere, Pastelaria AmaroDoce, O Paparokas e Canoa do Zêzere, todos em Ferreira do Zêzere.

Dia Mundial do Ovo 2017 em Ferreira do Zêzere

Esta atividade do Dia Mundial do Ovo vai decorrer em parceria do Município de Ferreira do Zêzere com a ZêzerOvo e UniOvo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Programação Cultural Caminhos de regresso a Ferreira do Zêzere

Programação Cultural Caminhos de regresso a Ferreira do Zêzere

Piscina Municipal com abertura prevista para 23 de outubro

Piscina Municipal com abertura prevista para 23 de outubro