Soldado Milhões em exibição no Cine Teatro Ivone Silva (c/ vídeo)

Filme estreou a 12 de abril e promete ser um dos filmes portugueses a ter grande destaque em 2018

0 35

Integrada na festas de Ferreira do Zêzere, a sessão de cinema «Soldado Milhões» vai estar em exibição este sábado, dia 16 de junho, no Cine Teatro Ivone Silva e conta a história do herói português da Primeira Guerra Mundial.

A 9 de Abril de 1918 o soldado transmontano Aníbal Augusto Milhais, que nasceu em 1895, na aldeia de Valongo, concelho de Murça, integrou a 2ª Divisão do Corpo Expedicionário Português e enfrentou os alemães na batalha de La Lys (Flandres), durante Primeira Guerra Mundial.

Agora, a obra cinematográfica “Soldado Milhões”, produzida pela Ukbar Filmes e realizada por Gonçalo Galvão Teles e Jorge Paixão da Costa, vai retratar esse drama de guerra e contar a história de um Portugal esquecido e de um herói quase desconhecido.

O actor ribatejano João Arrais assumiu o papel do Soldado Milhões e Miguel Borges, Carminho Coelho, Lúcia Moniz, Graciano Dias ou Isac Graça também fazem parte do elenco.

“Este filme olha, sobretudo, a total entrega de um homem que tinha tanto de humilde como de destemido, ao papel que a vida lhe reserva; neste caso o de viver como herói. E como última fatia do seu destino, precisamente o de ter que viver com esse fardo.” – Gonçalo Galvão Teles e Jorge Paixão da Costa

Aníbal Augusto Milhais foi um entre tantos soldados enviados para a Flandres durante a Primeira Guerra Mundial. Na Batalha de La Lys, contrariando ordens superiores, enfrentou sozinho sucessivas ofensivas alemãs de maneira a garantir a retirada dos seus companheiros.

Milhais demorou vários dias até reencontrar o seu pelotão, em Saint-Venant, protegido apenas pela sua arma Luisinha (um amuleto da sorte oferecido pela sua amada).

A presença portuguesa na Primeira Grande Guerra é ainda desconhecida por muitos, assim como a existência de Aníbal Milhais, o Soldado Milhões.

Os seus actos de coragem durante a Batalha de La Lys valeram-lhe a mais alta condecoração nacional – a Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito.

O soldado estava longe de imaginar que se viria a tornar no maior herói português da Primeira Guerra Mundial.

A 5 de julho de 1924, o Parlamento alterou o nome da povoação de Valongo, a sua aldeia natal, no distrito de Vila Real, para Valongo de Milhais, em sua honra.

No ano em que se assinala o centenário do fim da Primeira Grande Guerra (1914-1918), acompanhamos o percurso do soldado que “se chamava Milhais, mas valia milhões”, através de vários relatos e de uma intensa pesquisa documental.

Soldado Milhões em exibição no Cine Teatro Ivone Silva (c/ vídeo)

Para recriar o ambiente de guerra, a equipa de filmagem do “Soldado Milhões” deslocou-se até vários locais espalhados por Portugal.

Desde Murça, a aldeia onde nasceu Aníbal Milhais, até Ponte da Barca, Mafra, Cacilhas e, finalmente, o Campo de Tiro de Alcochete, onde foram reconstruidas as trincheiras da Batalha de La Lys. Foram também pós-produzidos mais de 500 planos digitalmente com efeitos especiais.

No ano em que se assinala o centenário da Primeira Guerra Mundial, temos assim a oportunidade de acompanhar desde Ferreira do Zêzere o percurso do soldado Milhais, que valia milhões, através das suas memórias da guerra.

Nota: A sessão decorre pelas 21h30 e a entrada é solidária.

Veja o trailer do filme:

Pretende divulgar um evento da sua localidade ou associação?

Na OvoTV pode fazê-lo GRATUITAMENTE, não tendo de pagar para divulgarmos o seu evento, desde que o mesmo decorra no concelho de Ferreira do Zêzere.

Para enviar informação sobre o evento, por favor, contacte-nos

Quer receber as nossas notícias no seu email?
Assine para receber as últimas notícias publicadas na OvoTV
Pode cancelar os emails a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

x

Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao aceitar, concorda com o uso de cookies de acordo com nossa Política de Cookies.