Autárquicas 2017: PSD conquista novamente o Município de Ferreira do Zêzere

Município de Ferreira do Zêzere mantêm-se "laranja" desde as primeiras eleições autárquicas

0 64

Para as Eleições Autárquicas 2017, o PSD conquistou novamente o Município de Ferreira do Zêzere, reconduzindo Jacinto Lopes para o seu terceiro mandato à frente dos destinos do Município, com maioria absoluta.

Em relação às Autárquicas de 2013, o Partido Socialista perdeu um número considerável de votos, com Bruno Gomes a atribuir a dispersão devido ao elevado número de listas candidatas, mantendo a esperança e energia para vir a alcançar melhores resultados.

Para o Município de Ferreira do Zêzere, o Partido Social Democrata elegeu, além do Presidente, três vereadores e o Partido Socialista dois vereadores.

De registar uma abstenção de 30,96%, o terceiro valor mais baixo de sempre registado nas Eleições Autárquicas no concelho de Ferreira do Zêzere, sendo apenas superado pelo registo das Autárquicas de 2001 (27,63%) e 2005 (29,38%).

Para a Assembleia Municipal de Ferreira do Zêzere, o PSD perdeu um vereador e a maioria absoluta, tendo elegido sete membros, o PS elegeu cinco membros, a Coligação Nós Ferreirenses elegeu dois membros e o Movimento de Cidadãos Independentes + Ferreira do Zêzere elegeu um membro.

Com estes resultados, o PS vai tentar negociar com os outros dois partidos para obter uma maioria e assim conduzir Carlos Salgado (PS) ao lugar de Presidente da Assembleia Municipal.

Nas Autárquicas 2017, houve “mexidas” em três das setes Juntas de Freguesia, com o Partido Social Democrata a conseguir ganhar a Junta de Freguesia do Beco ao PS, mas perdendo as Juntas de Freguesia de Chãos e Nossa Senhora do Pranto para os socialistas.

Com as urnas a registar uma boa afluência em todo o concelho, terá havido apenas registo de alguns desacatos junto à mesa de voto de Nossa Senhora do Pranto, devido a um grupo de populares da zona de Dornes que ali apareceu com um abaixo assinado para a separação das freguesias, tendo sido necessária a presença da GNR no local.

Em Águas Belas, Sérgio Morgado (PS) foi novamente reconduzido à frente dos destinos da junta de freguesia.

Com um número total de votos (715) igual ao registado nas Autárquicas de 2013, o PS alcançou seis mandatos (0) e o PSD alcançou três (0).

A abstenção situou-se nos 26,93%, valor inferior ao registado em 2013 (32,03%), sendo de registo uma redução de 81 eleitores recenseados na freguesia.

Na freguesia do Beco, Manuel Gomes Cotrim (PSD) foi reconduzido à frente dos destinos da junta, sendo de registar que nas Autárquicas 2013 tinha sido candidato pelo PS.

Com um número recorde de candidaturas nas Autárquicas 2017 à junta de freguesia, os resultados foram mais homogéneos, com o PSD a alcançar dois mandatos (0), valor igualmente alcançado pelo Movimento de Cidadãos Independentes + Ferreira do Zêzere (+2) e PS (-3), sendo que a Coligação Nós Ferreirenses alcançou apenas um (+1).

A abstenção situou-se nos 27,64%, valor inferior ao registado em 2013 (32,16%), sendo de registo uma redução de 88 eleitores recenseados na freguesia.

Em Chãos, o PS conquistou a junta de freguesia ao PSD, com Edmundo Freitas (PS) a ser eleito com maioria absoluta.

O PS alcançou quatro mandatos (+1), sendo que o PSD alcançou dois (-2) e a Coligação Nós Ferreirenses alcançou um mandato (+1).

A abstenção situou-se nos 34,87%, valor inferior ao registado em 2013 (38,53%), sendo de registo uma redução de 39 eleitores recenseados na freguesia.

Na freguesia de Ferreira do Zêzere, Pedro Alberto (PSD) foi novamente reconduzido à frente dos destinos da junta de freguesia com esmagadora maioria.

O PSD alcançou assim sete mandatos (+1) e o PS dois mandatos (-1).

A abstenção situou-se nos 31,39%, valor inferior ao registado em 2013 (31,83%), sendo de registo uma redução de 12 eleitores recenseados na freguesia.

Na freguesia de Igreja Nova do Sobral, José Manuel Feliz (PS) foi novamente reconduzido à frente dos destinos da junta de freguesia com esmagadora maioria.

Foi a primeira freguesia a ser apurada entre as sete e onde o PS alcançou cinco mandatos (0) e o PSD dois mandatos (0).

A abstenção situou-se nos 33,99%, valor inferior ao registado em 2013 (37,32%), sendo de registo uma redução de 63 eleitores recenseados na freguesia.

Na Freguesia de Nossa Senhora do Pranto, o PS conquistou mais uma junta de freguesia ao PSD, com Manuel Carrão (PS) a ser eleito com maioria absoluta.

Foi a última freguesia a ser apurada entre as sete e onde o PS alcançou quatro mandatos (+1), sendo que o PSD alcançou três mandados (-1).

A abstenção situou-se nos 26,40%, valor inferior ao registado em 2013 (27,79%), sendo de registo uma redução de 55 eleitores recenseados na freguesia.

Na União de Freguesias de Areias e Pias, Hugo Azevedo (PSD) foi também reconduzido à frente dos destinos da união de freguesias com maioria absoluta, sendo já apontado como possível sucessor de Jacinto Lopes nas próximas autárquicas.

O PSD alcançou seis mandatos (+1), o PS dois mandatos (-2) e a Coligação Nós Ferreirenses alcançou um mandato (+1).

A abstenção situou-se nos 33,99%, valor inferior ao registado em 2013 (37,32%), sendo de registo uma redução de 63 eleitores recenseados na freguesia.

Qual a sua opinião acerca dos resultados destas eleições? Deixe o seu comentário no espaço de comentários dos nossos leitores.

O número de mandatos está assinalado com um número entre parêntesis, sendo uma referência em relação às Autárquicas 2013.
Quer receber as nossas notícias no seu email?
Assine para receber as últimas notícias publicadas na OvoTV
Pode cancelar os emails a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.