Autárquicas 2017: PSD conquista novamente o Município de Ferreira do Zêzere
in ,

Autárquicas 2017: PSD conquista novamente o Município de Ferreira do Zêzere

Município de Ferreira do Zêzere mantêm-se “laranja” desde as primeiras eleições autárquicas

Para as Eleições Autárquicas 2017, o PSD conquistou novamente o Município de Ferreira do Zêzere, reconduzindo Jacinto Lopes para o seu terceiro mandato à frente dos destinos do Município, com maioria absoluta.

Em relação às Autárquicas de 2013, o Partido Socialista perdeu um número considerável de votos, com Bruno Gomes a atribuir a dispersão devido ao elevado número de listas candidatas, mantendo a esperança e energia para vir a alcançar melhores resultados.

Para o Município de Ferreira do Zêzere, o Partido Social Democrata elegeu, além do Presidente, três vereadores e o Partido Socialista dois vereadores.

De registar uma abstenção de 30,96%, o terceiro valor mais baixo de sempre registado nas Eleições Autárquicas no concelho de Ferreira do Zêzere, sendo apenas superado pelo registo das Autárquicas de 2001 (27,63%) e 2005 (29,38%).

Para a Assembleia Municipal de Ferreira do Zêzere, o PSD perdeu um vereador e a maioria absoluta, tendo elegido sete membros, o PS elegeu cinco membros, a Coligação Nós Ferreirenses elegeu dois membros e o Movimento de Cidadãos Independentes + Ferreira do Zêzere elegeu um membro.

Com estes resultados, o PS vai tentar negociar com os outros dois partidos para obter uma maioria e assim conduzir Carlos Salgado (PS) ao lugar de Presidente da Assembleia Municipal.

Nas Autárquicas 2017, houve “mexidas” em três das setes Juntas de Freguesia, com o Partido Social Democrata a conseguir ganhar a Junta de Freguesia do Beco ao PS, mas perdendo as Juntas de Freguesia de Chãos e Nossa Senhora do Pranto para os socialistas.

Com as urnas a registar uma boa afluência em todo o concelho, terá havido apenas registo de alguns desacatos junto à mesa de voto de Nossa Senhora do Pranto, devido a um grupo de populares da zona de Dornes que ali apareceu com um abaixo assinado para a separação das freguesias, tendo sido necessária a presença da GNR no local.

Em Águas Belas, Sérgio Morgado (PS) foi novamente reconduzido à frente dos destinos da junta de freguesia.

Com um número total de votos (715) igual ao registado nas Autárquicas de 2013, o PS alcançou seis mandatos (0) e o PSD alcançou três (0).

A abstenção situou-se nos 26,93%, valor inferior ao registado em 2013 (32,03%), sendo de registo uma redução de 81 eleitores recenseados na freguesia.

Na freguesia do Beco, Manuel Gomes Cotrim (PSD) foi reconduzido à frente dos destinos da junta, sendo de registar que nas Autárquicas 2013 tinha sido candidato pelo PS.

Com um número recorde de candidaturas nas Autárquicas 2017 à junta de freguesia, os resultados foram mais homogéneos, com o PSD a alcançar dois mandatos (0), valor igualmente alcançado pelo Movimento de Cidadãos Independentes + Ferreira do Zêzere (+2) e PS (-3), sendo que a Coligação Nós Ferreirenses alcançou apenas um (+1).

A abstenção situou-se nos 27,64%, valor inferior ao registado em 2013 (32,16%), sendo de registo uma redução de 88 eleitores recenseados na freguesia.

Em Chãos, o PS conquistou a junta de freguesia ao PSD, com Edmundo Freitas (PS) a ser eleito com maioria absoluta.

O PS alcançou quatro mandatos (+1), sendo que o PSD alcançou dois (-2) e a Coligação Nós Ferreirenses alcançou um mandato (+1).

A abstenção situou-se nos 34,87%, valor inferior ao registado em 2013 (38,53%), sendo de registo uma redução de 39 eleitores recenseados na freguesia.

Na freguesia de Ferreira do Zêzere, Pedro Alberto (PSD) foi novamente reconduzido à frente dos destinos da junta de freguesia com esmagadora maioria.

O PSD alcançou assim sete mandatos (+1) e o PS dois mandatos (-1).

A abstenção situou-se nos 31,39%, valor inferior ao registado em 2013 (31,83%), sendo de registo uma redução de 12 eleitores recenseados na freguesia.

Na freguesia de Igreja Nova do Sobral, José Manuel Feliz (PS) foi novamente reconduzido à frente dos destinos da junta de freguesia com esmagadora maioria.

Foi a primeira freguesia a ser apurada entre as sete e onde o PS alcançou cinco mandatos (0) e o PSD dois mandatos (0).

A abstenção situou-se nos 33,99%, valor inferior ao registado em 2013 (37,32%), sendo de registo uma redução de 63 eleitores recenseados na freguesia.

Na Freguesia de Nossa Senhora do Pranto, o PS conquistou mais uma junta de freguesia ao PSD, com Manuel Carrão (PS) a ser eleito com maioria absoluta.

Foi a última freguesia a ser apurada entre as sete e onde o PS alcançou quatro mandatos (+1), sendo que o PSD alcançou três mandados (-1).

A abstenção situou-se nos 26,40%, valor inferior ao registado em 2013 (27,79%), sendo de registo uma redução de 55 eleitores recenseados na freguesia.

Na União de Freguesias de Areias e Pias, Hugo Azevedo (PSD) foi também reconduzido à frente dos destinos da união de freguesias com maioria absoluta, sendo já apontado como possível sucessor de Jacinto Lopes nas próximas autárquicas.

O PSD alcançou seis mandatos (+1), o PS dois mandatos (-2) e a Coligação Nós Ferreirenses alcançou um mandato (+1).

A abstenção situou-se nos 33,99%, valor inferior ao registado em 2013 (37,32%), sendo de registo uma redução de 63 eleitores recenseados na freguesia.

Qual a sua opinião acerca dos resultados destas eleições? Deixe o seu comentário no espaço de comentários dos nossos leitores.

O número de mandatos está assinalado com um número entre parêntesis, sendo uma referência em relação às Autárquicas 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

XVII Encontro de Folclore no Beco

XVII Encontro de Folclore no Beco (c/ vídeos)

Autárquicas 2017: Conheça as reacções dos candidatos aos resultados (c/ vídeos)

Autárquicas 2017: Conheça as reacções dos candidatos aos resultados (c/ vídeos)