Leslie assustou, mas felizmente não provocou estragos consideráveis no concelho

0
26
Leslie assustou, mas felizmente não provocou estragos consideráveis no concelho

Considerada a maior tempestade desde 1842, estava previsto que a tempestade Leslie poderia provocar estragos consideráveis na nossa região, fazendo com que as autoridades lançassem informação de forma regular sobre a situação.

A região de Ferreira do Zêzere foi fustigada após 21h00 por fortes rajadas de vento e chuva intensa, no entanto, pelas 23:50, no concelho havia apenas registo de ocorrências por quedas de árvores, situações que foram prontamente resolvidas pelos Bombeiros e Proteção Civil, não existindo registo de danos pessoais.

O abastecimento de eletricidade sofreu cortes pontuais na zona norte do concelho, com locais das freguesias do Beco e Nossa Senhora do Pranto a serem afetados.

A estação meteorológica instalada na Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere registou a rajada máxima de 62,7 quilómetros por hora pelas 22h18 e uma velocidade média do vento de 52,5 quilómetros por hora.

As condições meteorológicas, anormalmente adversas, conheceram um desagravamento ainda antes da meia noite, embora o vento continuasse a fazer-se sentir.

O Serviço Municipal de Proteção Civil alertou ainda para o cuidado à circulação nas estradas, devido à presença de detritos em alguns locais.

A mudança de rumo da tempestade terá sido um dos fatores que permitiu apenas o registo de algumas ocorrências no concelho, sendo que estaria anunciado que as rajadas no concelho poderiam alcançar valores aproximados aos 167 quilómetros por hora.

O período crítico deverá prolongar-se pela madrugada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here