Investimento de 2,1 M€ na requalificação das Urgências do Hospital de Abrantes

Obras começam na primavera de 2019

0
78
Investimento de 2,1 M€ na requalificação das Urgências do Hospital de Abrantes

As obras de requalificação, modernização e expansão das Urgências Médico-Cirúrgicas no Hospital de Abrantes, integrado no Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), vão custar 2,1 milhões de euros (M€) e começam na primavera de 2019.

Há dois investimentos que se inserem numa «fase prévia àquilo que é o trabalho de fundo de requalificação e que servirão de ancoramento à expansão do Serviço de Urgências (SU)», refere o Presidente do Conselho de Administração, Carlos Andrade: o trabalho em curso de requalificação de uma sala para acolhimento de doentes e observação clínica em urgência, um investimento de 300 mil euros, que deverá estar concluído em 20 de dezembro, e o novo Hospital de Dia de Medicina Interna que teve um custo de cerca de 70 mil euros.

A grande empreitada de requalificação das Urgências Médico-Cirúrgicas vai começar a partir da primavera do ano que vem, estando orçada em cerca de 2,1 milhões de euros, de acordo com o responsável.

A intervenção é anunciada como um passo decisivo para melhorar o acesso à urgência e aos cuidados de saúde hospitalares por parte de toda a comunidade.

O Presidente do centro hospitalar destaca que o investimento a realizar no próximo ano vai permitir «adequar as Urgências Médico-Cirúrgicas às melhores práticas no âmbito do exercício de uma medicina segura, moderna e competente, e com as melhores condições, quer técnicas, para os profissionais de saúde, quer para os doentes».

Constituído pelas unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas, separadas geograficamente entre si por cerca de 30 quilómetros, o CHMT funciona em regime de complementaridade de valências, abrangendo uma população na ordem dos 260 mil habitantes de 11 concelhos do Médio Tejo, no distrito de Santarém, Vila de Rei e Castelo Branco, do distrito de Castelo Branco, e ainda dos municípios de Gavião e Ponte de Sor, ambos de Portalegre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here