Plano de controlo e erradicação da doença de Aujeszky

0
78
Plano de controlo e erradicação da doença de Aujeszky

A Doença de Aujeszky (DA) ou Pseudo-Raiva é uma doença infecto-contagiosa causada por um herpes vírus (SHV-1), que infeta designadamente o sistema nervoso central dos suínos e outros mamíferos, com exceção do homem.

O porco doméstico e o javali são reservatórios naturais da doença, sendo que na forma da doença subclínica, eliminam o vírus, sendo que o mesmo está presente nas secreções nasais e saliva dos animais doentes 7 a 10 dias após a infeção.

É uma doença com impacto económico quer pelos prejuízos que provoca nas explorações suinícolas infetadas, quer devido à mortalidade dos leitões, imunodepressão e atraso no crescimento dos porcos de engorda, e ainda pelas perdas reprodutivas das porcas em gestação.

Sendo obrigatória a sua declaração à OIE (Organização Mundial de Saúde Animal), tendo como consequência perturbações no comércio internacional de suínos.

Para controlo e erradicação da doença, durante o mês de dezembro de 2017, os proprietários de todas as explorações de suínos são obrigados a declarar os efetivos que possuam, referidos ao dia 1 daquele mês.

A declaração das existências de suínos poderá ser efetuada diretamente pelo produtor na Área Reservada do portal do IFAP, ou em qualquer departamento dos Serviços de Alimentação e Veterinária Regionais ou ainda nas entidades protocoladas com o IFAP.

A declaração das existências de suínos é considerada medida sanitária visando o combate à Doença de Aujeszky, sendo que o seu não cumprimento acarreta penalizações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here