Operação “Spring Break” da GNR vai prevenir comportamento de risco dos finalistas
in ,

Operação “Spring Break” da GNR vai prevenir comportamento de risco dos finalistas

Férias da Páscoa são aproveitadas pelos estudantes finalistas para festejar

A Guarda Nacional Republicana, desde 19 de março até 2 de abril, encontra-se a realizar uma operação policial, envolvendo ações de sensibilização, em todo o território nacional, junto dos finalistas e da comunidade escolar, e de fiscalização, nas fronteiras terrestres de Vilar Formoso (Guarda), Caia (Portalegre) e Vila Real de Santo António (Faro).

Este operação tem como objetivo a prevenção de adoção de comportamentos de risco inerentes ao consumo de droga e álcool, por parte da população jovem, nomeadamente finalistas, que se desloca nesta altura do ano para o sul de Espanha e Catalunha em férias escolares.

A operação da GNR será realizada em três fases:

A primeira fase decorre de 19 a 23 de março, com os militares dos Núcleos Escola Segura a realizar ações de sensibilização junto dos jovens, alertando-os para os comportamentos de risco associados a estas viagens, direcionado para o grupo-alvo de alunos do 9º ao 12º ano de escolaridade;

A segunda fase decorre de 23 de março a 2 de abril, com militares dos comandos territoriais, com o apoio da valência de investigação criminal e de binómios cinotécnicos de deteção de droga, em coordenação com a Guardia Civil, realizam ações de fiscalização junto às fronteiras terrestres no sentido de detetar a prática de ilícitos associados ao consumo de substâncias estupefacientes, bem como garantir as condições de segurança dos veículos que irão transportar os jovens;

Operação “Spring Break” da GNR vai prevenir comportamento de risco dos finalistas
Fiscalização de autocarros de finalistas com destino a Espanha

A terceira fase decorre de 26 de março a 8 de abril, com militares dos comandos territoriais, a realizar ações de fiscalização em estabelecimentos comerciais no âmbito da venda de álcool e produtos estupefacientes a adolescentes e jovens adultos.

Em 2016 esta operação da GNR resultou num detido por tráfico de estupefacientes, 51 doses de haxixe apreendidas e três contraordenações por consumo de estupefacientes, sendo que no ano passado resultou apenas em três contraordenações por consumo de estupefacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Limpeza de matas e terrenos com novas regras e prazos

Limpeza de matas e terrenos com novas regras e prazos

Vila de Rei: TeknoRei recebe exposição «Portugal Natural»