Tempestade Ana: o distrito em alerta laranja

0
37
Tempestade Ana: o distrito em alerta laranja

Uma tempestade foi baptizada, pela primeira vez por Portugal, Espanha e França, de seu nome Ana. Para este domingo e segunda-feira prevê-se chuva e vento forte, agitação marítima e queda de neve nos pontos altos do país.

Assim todos os distritos de Portugal continental estarão sob aviso laranja neste domingo, de acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o aviso entra em vigor durante a manhã de domingo nos distritos do Norte, avançando ao longo do dia até ao Sul do continente, mantendo-se até à madrugada de segunda-feira.

O aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, indica uma situação meteorológica de risco moderado a elevado.

O IPMA prevê para domingo nas regiões Norte e Centro “céu em geral muito nublado com períodos de chuva, sendo por vezes forte no Minho a partir do meio da manhã e gradualmente nas restantes regiões a partir da tarde”.

A queda de neve está prevista nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda e Castelo Branco.

Na região Sul, o IPMA prevê “céu em geral muito nublado”, com “períodos de chuva em geral fraca, tornando-se moderada, por vezes forte, para o final do dia”.

Para todo o território continental está prevista “neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais”, enquanto a previsão de agitação marítima abrange todos os distritos com costa.

Os alertas para o distrito de Santarém estão emitidos para o período compreendido entre as 17h59 de amanhã, domingo, e as 05h59 de segunda-feira, sendo laranja devido a vento forte de sudoeste com rajadas ate 70 km/h, aumentando gradualmente ate 100 km/h, sendo até 120 nas terras altas e alerta amarela por períodos de chuva forte.

Uma tempestade foi baptizada, pela primeira vez por Portugal, Espanha e França, de seu nome Ana. Para este domingo e segunda-feira prevê-se chuva e vento forte, agitação marítima e queda de neve nos pontos altos do país.
Previsão FORECA para chuva forte superior a 5mm por hora no concelho de Ferreira do Zêzere entre as 00h00 e 03h00 na noite de domingo para segunda-feira

De notar que esta é a primeira vez que uma tempestade em Portugal adopta um nome. O baptismo das tempestades mais violentas, que possam provocar um grande impacto sobre pessoas e bens, e que atinjam Portugal, França ou Espanha, foi acordado entre o Instituto Português do Mar e da Atmosfera e os seus congéneres de Espanha (Aemet) e França (Météo-France) e está em vigor desde o dia 1 de Dezembro.

A partir de agora, sempre que um dos três países activar o primeiro aviso laranja ou vermelho fica encarregado de dar nome ao fenómeno.

Há inclusive uma lista pré-estabelecida para a campanha das tempestades 2017-2018 que vai do A de Ana ao W de William e inclui nomes como Bruno, Carmen, Gisele, Katia, Pierre, José, Nuno, Rosa ou Vasco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here