in

Visitar museus e monumentos volta a ser grátis a partir de domingo

Convento de Cristo entre os museus e monumentos que podem ser visitados gratuitamente aos domingos

Visitar museus e monumentos volta a ser grátis a partir de domingo

As entradas nos museus, palácios e monumentos nacionais voltam a ser gratuitas a partir de domingo, dia 2 de julho, data em que será reposta uma gratuitidade que tinha sido suspensa em 2014, pelo anterior Governo.

O regresso das entradas gratuitas nestes espaços culturais aos domingos, até às 14.00 horas, passa a vigorar a partir de julho, como tinha anunciado, no início do mês, no parlamento, o ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes.

Quando a medida foi suspensa, em 2014, as entradas passaram a ser gratuitas apenas no primeiro domingo de cada mês, durante todo o dia, e a Direção-Geral do Património Cultural criou um bilhete destinado às famílias numerosas.

No parlamento, quando questionado sobre o regresso da gratuitidade, que estava a ser estudada, Luís Filipe Castro Mendes disse que se tratava de uma “medida emblemática para os portugueses conhecerem mais e melhor os museus”.

Em novembro do ano passado, foi aprovada na Assembleia da República, na especialidade, uma proposta do PCP de alteração da proposta de lei do Orçamento do Estado para 2017, que determinava a reposição da gratuitidade da entrada nos museus e monumentos nacionais, nos domingos e feriados, até às 14.00 horas, para todos os cidadãos residentes em território nacional.

Em janeiro, Luís Filipe Castro Mendes tinha garantido que a lei seria aplicada “com certeza” este ano.

“É difícil aplicar a lei, na medida em que há uma diretiva europeia que não permite o que está previsto na lei [aprovada no ano passado, no parlamento], que é restringir aos residentes em Portugal essa gratuitidade”, comentou na altura.

Gratuito… mas só para os cidadãos residentes em território nacional, segundo informação divulgada pela Direção-Geral do Património Cultural, deverá ser solicitado aos visitantes qualquer documento comprovativo que ateste a residência permanente.

Sabe que museus e monumentos que podem ser visitados gratuitamente na nossa região aos domingos e feriados?

O Convento de Cristo em Tomar, é um dos locais que pode ser visitado aos domingos e feriados na nossa região.

Abrangendo o castelo templário e o Convento da Ordem de Cristo – cuja construção decorreu entre os séculos XII e XVII – o monumento, inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO, integra alguns dos mais expressivos testemunhos da história da arquitetura portuguesa, como a Charola românica da igreja, o claustro de D. João III e a famosa janela manuelina da Sala do Capítulo.

Na região de Coimbra pode visitar gratuitamente o Museu Monográfico de Conimbriga,que tem como missão tutelar as Ruínas, promover a sua exposição ao público e prosseguir a investigação arqueológica; o seu acervo é exclusivamente composto pelos materiais arqueológicos recolhidos na cidade.

Assim como o Museu Nacional Machado de Castro, cujas coleções do museu de Coimbra espelham a riqueza da Igreja e a importância do mecenato régio às quais se devem muitas das suas obras de arte e alfaias religiosas de maior valia.

Na região de Leiria pode visitar Mosteiro de Alcobaça, uma das primeiras fundações monásticas cistercienses em território português, tornando-se a principal casa desta Ordem religiosa, graças a uma continuada política de proteção régia, iniciada pelo primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques.

E um pouco mais a sul, visitar o Mosteiro da Batalha, monumento memorial da batalha de Aljubarrota e panteão régio, cuja construção teve início em finais do século XIV com o patrocínio de D. João I, o Mosteiro dominicano da Batalha é o mais significativo edifício do gótico português.

No site da Direção-Geral do Património Cultural pode encontrar a lista completa dos museus, palácios e monumentos que pode visitar gratuitamente aos domingos e feriados até às 14h00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Administração da Prado Karton pede insolvência da empresa

Administração da Prado Karton pede insolvência da empresa

Educação Fiscal das Famílias - Evidência no Médio Tejo

Educação Fiscal das Famílias – Evidência no Médio Tejo